Site, blog ou perfil nas redes sociais?

Por Fernando Blömer | Marketing Digital

Site, blog ou perfil nas redes sociais?

Site, blog ou perfil nas redes sociais?

 
A resposta mais correta é: se possível, tenha os 3.
 
Na mais recente pesquisa do Cetic, órgão responsável pelo estudo de indicadores do uso da internet no Brasil, a porcentagem de empresas brasileiras que possuem um website é de 57%.
 
Já a quantidade de empresas presentes nas redes sociais subiu de 36% para 51%, sendo que muitas delas não têm site.
 
Quanto aos blogs, existem poucas estatísticas. A expectativa é que o número seja ainda menor.
 
 

Mas, afinal, para que serve cada um e por que ter os 3?

 
Um blog é caracterizado por funcionar como uma revista virtual, permitindo engajar os visitantes com o conteúdo publicado continuamente.
 
Ele é altamente dinâmico e pode conter dicas, guias, artigos, infográficos e conteúdos disponíveis abertamente para todos os visitantes.
 
Também pode ser usado para divulgar materiais ricas, que são conteúdos gratuitos mediante preenchimento de um formulário de inscrição.
 
 
Enquanto isso, os sites funcionam de maneira mais similar a uma vitrine, pois não são renovados com tanta frequência.
 
Além disso, especialmente no caso de sites de empresas, o site serve principalmente para trazer informações essenciais — como preços, produtos e canais de contato.
 
 
Os perfis e as fanpages, por sua vez, servem para atrair e se relacionar com o seu público nas redes sociais.
 
Ali, o conteúdo é consumido rapidamente e logo deixa de aparecer para as pessoas, o que exige publicações recorrentes e bastante interativas.
 
 
 
Tendo em vista essas diferenças, o blog serve melhor ao propósito de gerar demanda, enquanto o site é mais eficiente para atender e direcionar a demanda já existente. Já as redes sociais servem para se relacionar em tempo real com o público e podem ajudar a viralizar a marca.
 
Por esse motivo, é válido manter os 3, se possível.
 
A maioria das empresas de sucesso integra muito bem os 3 em uma estratégia de Marketing Digital:
 
  • no site, com links para o blog e perfis nas redes sociais;
  • no blog, promovendo o engajamento dos visitantes nas redes sociais e usando o site como complemento de conteúdos institucionais;
  • e, nas redes sociais, promovendo conteúdos do blog e do site.
Essa é uma forma prática de trabalhar o Marketing de Conteúdo para atrair pessoas interessadas, relacionar-se com elas e transformá-las em clientes.
 

O poder do marketing de conteúdo para atrair as pessoas certas

O que é um site – ou um blog – sem bom conteúdo?
 
O marketing de conteúdo é uma ferramenta poderosa para gerar clientes e receita.
 
Com uma produção de conteúdo constante e relevante, você conquistará cada vez mais visitantes interessados, convertendo o seu site em uma máquina de fazer negócios.
 
Para criar conteúdo de qualidade, é preciso ter uma boa estratégia, com planejamento e organização.
 
Algumas dicas importantes:
 
  • Elaborar um calendário editorial, respeitando uma publicação recorrente. Se o seu site possui uma seção de “histórias de sucesso” dos seus clientes, que tal atualizar com uma nova história todo mês?;
  • Desenvolver um funil de vendas, entendendo a jornada de compra do seu cliente e refletindo esse avanço da jornada no seu site;

 

  • Criar pautas bem estruturadas, procurando oferecer conteúdos que cubram toda a jornada. Deixe a profundidade e a diversidade para o seu blog. No site, seja objetivo e procure se comunicar com contatos em diferentes etapas do funil;
  • Escrever pensando em uma persona, isto é, adequando o tom da escrita e a complexidade do conteúdo à maturidade de quem você espera que vá visitar o seu site.

Além dessas dicas, ainda existem muitas outras que a Hoje.App fornece semanalmente. Nós temos em nosso blog um mar de informações!

 
 
Por onde começar? Entre em contato! Nosso principal objetivo não é apenas atrair seguidores, mas sim, fidelizar clientes.